HPV é o Papiloma vírus Humano, responsável por 5% dos cânceres no mundo.

O que pode causar o aparecimento de verrugas no ânus?

As verrugas no ânus ou condiloma anal são causadas especialmente, pelo Papiloma Vírus Humano (HPV) e são consideradas doenças sexualmente transmissíveis. Existem diversos tipos de papilomavírus, mas apenas 4 tem maior significância clínica por serem causadores das verrugas ou de cânceres. Podem aparecer também no colo no útero, no pênis e na vagina, na bolsa escrotal, na boca ou na garganta,

Como é transmitido o vírus?

É um vírus altamente contagioso e pode ser contraído após uma única exposição a ele. A transmissão é por contato direto, seja genital-genital, oral-genital ou até mesmo manual-genital, o que significa que não precisa haver penetração vaginal ou anal para o contágio. Outra forma de exposição é durante o parto.

O uso da camisinha previne a transmissão das verrugas no ânus?

Não necessariamente, porque o preservativo não protege de todo contato direto, podendo haver áreas expostas mesmo com seu uso. Mas o preservativo é essencial para a prevenção de outras doenças sexualmente transmissíveis.

O que sente a pessoa que tem as verrugas no ânus?

O portador de verrugas no ânus pode não sentir nada e apenas percebê-las como bolinhas amolecidas no toque, durante o banho, por exemplo. Outras pessoas podem apresentar coceira, ou sangramento durante o ato sexual.

Quais as diferenças nos tipos de vírus?

Os tipos 16 e 18 estão mais associados a cânceres de colo de útero, pênis, ânus. Já os tipos 6 e 11 estão mais associados às verrugas no ânus e outros órgãos, sendo considerados não causadores de câncer.

O risco de câncer nesses tipos é alto?

Ele causa aproximadamente 100% dos casos de câncer de colo de útero, 65% dos casos de câncer de vagina, 35% dos casos de câncer de pênis, 95% dos casos de câncer de ânus.

Como pode ser feita a prevenção do câncer?

Através do exame preventivo ginecológico e proctológico com coleta de células da região, mesmo naqueles que não tem mais verrugas.

O preservativo reduz a chance de contágio pelo HPV.

A vacinação evita a infecção contra o HPV, sendo possível a quadrivalente (contra 16, 18, 6 e 11) ou bivalente (16 e 18).

A vacina contra o HPV, que causa as verrugas no ânus, está disponível na rede pública para determinados grupos de pacientes.

 

 

 

 

 

 

Se o paciente já teve contato com o vírus, precisa tomar a vacina?

Sim, pois alguns estudos sugerem que a vacina possa melhorar a imunidade local e prevenir o aparecimento recorrente de verrugas.  Além disso, previne o contágio com outros vírus, que porventura ainda não tenha tido contato.

Procure um proctologista para maiores esclarecimentos e prevenção do câncer genital.

 

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe